Estamos

Estamos a procura de definição
do sentido, do que é permitido
vendo de tudo,
ouvindo muito e as vezes
fazendo nada, subindo a escada
buscando perfeição.
Nessa terra tão esperta,
caindo em tentaçõe,
deixando marcas no coração.
Caídos no chão procuramos abrigo,
em cima das nuvens, consolando os oprimidos.
Disperdiçando tempo com o real,
querendo ser himortal….
Suplicando pela liberdade e nos acorrentando dentro de nós.
Onde está nossa consiência.
Por que não seguimos o coração.
Julgamos nossos atos, mas não mudamos nossa opinião.
Tudo está alem do que se pode explicar
e tudo deveria ser vivido na puraza da alma
sem que ninguem pudece evitar…
Braçar a felicidade nos braços de quem c quer amar….

Deixe uma resposta