SEGREDO IMORTAL
Cada segundo
determinante
conquistas e ideias
metas e batalhas
tudo em minhas
apenas minhas mãos….
E nada, nada atingirá
a busca incessante
do desejo que tenho
nenhum obstaculo será um abismo,
pois não corro
eu voo.
E minhas  asas me levam alem.
Não queira me acompanhar,
a garra que tenho é bem maior que seu medo.
Não quiz minha mão?
Aprenda sozinho
a sair do chão,
pois a você
resta apenas minha oração.
Compençarei meus erros
e és para ti senhor
o meu perdão.
Me julgue em suas leis
e me condene se estou errada,
pois nessa dor
eu carregarei a cruz
a sua justiça me dará a corroa
e o dignidade de que mereço.
Se es nesse ventre que carregarei
minha luta e nada e ninguem saberás.
Parecerá uma tempestade,
apenas uma dor que evitará uma catastrofe.

Deixe uma resposta